Não se sobrecarregue com o peso do “é só pensar positivo”, por Mariana Pires

Não se sobrecarregue com o peso do

Por Mariana Pires
Para o Por Dentro do RN

“É só pensar positivo que as coisas vão acontecer”. Quem nunca ouviu isso em um momento que nada parecia fazer muito sentido na vida, né? Eu já; e você, como se sentiu? Me recordo de ter ficado bem chateada, por dois motivos:

  1. Eu não conseguia pensar positivo no momento em que tudo estava fora dos trilhos e sentia que estava cometendo um erro, já que bastava me manter positiva para as coisas darem certo;

  2. Parecia que eu tinha uma visão limitada de tudo e era a única pessoa que não conseguia enxergar além do contexto, ao mesmo tempo que eu não me sentia autorizada a sentir o desconforto que o momento trazia.

Sou uma pessoa naturalmente muito positiva, não apenas no ser, mas também no fazer. Ser positiva é a soma das possibilidades de acertos que tenho à disposição junto à autoconfiança e à clareza de que, se a execução do plano não sair conforme o roteiro planejamento, terei entendimento o suficiente para sentar, recalcular a rota e buscar novas perspectivas de soluções.

Ter uma postura positiva vai além de apenas dizer para si mesmo: “vai dar tudo certo” quando tudo parece dar errado. Manter-se positiva, para mim, é acreditar que, apesar das circunstâncias não estarem alinhadas à minha visão do que é ideal e de não terem atendido as minhas expectativas, tenho a consciência de que tudo é apenas uma fase com começo, meio e fim; fase esta da qual irei sair cedo ou tarde. Um olhar confiante para o que vem depois, sem atropelar as minhas emoções e sem segurar a pressão dentro de mim só para parecer ser bem resolvida.

O problema não é ser positivo, nunca foi, é importante alimentar-se dessa positividade. O que pode estar nos sobrecarregando é a forma como lidamos com ela e internalizamos como sendo fator determinante para as coisas darem certo. Positividade é importante, mas não é premissa para a resolução de problemas.

Talvez essa postura de positividade esteja sendo mantida para não transparecer medo e vulnerabilidade para as pessoas, na tentativa de mostrar que está “tudo sob controle” quando, na verdade, nada faz muito sentido. Ou podemos pensar que se manter positivo vai aumentar a nossa motivação para não parar no meio do dia cansados, deixar tudo pela metade e não “fazer nada”.

Onde termina o pensamento positivo e começa a alienação?

Além de sustentar uma falsa alegria espontânea, é chato ouvir que “é só pensar positivo” para que tudo se conserte. Essa é uma manobra que sobrecarrega as nossas emoções e nos condiciona a manter essa postura em 100% dos nossos momentos, sem perceber gastamos uma energia absurda para nos manter firmes e receptivos.

Esse hábito que adotamos nos impede de sentir as emoções como elas realmente são, nos impende de enxergar as situações como elas realmente são; e, ao invés de, verdadeiramente, pensar positivo quando necessário, pegamos um “bode” por parecer que é uma obrigação.

E até onde esse comportamento não é uma forma de colocar os nossos óculos lentes de cor rosa para não encarar a realidade?

Evitar o sofrimento é uma forma de sofrimento. Evitar a dificuldade é uma dificuldade. Negar o fracasso é fracassar. A ideia de fugir das merdas é que é. Quanto mais evitamos sentir algo ou viver determinadas situações, mais isso nos assombra, mais nos causa ansiedade, volta no meio da noite e puxa nosso pé. Encarar a realidade de frente é encontrar a forma mais confortável de lidar com o desconforto.

Não resista ao que sente, permita que esses estados emocionais apenas passem pelo seu corpo e libere-os, despressurize. Nosso corpo é um canal, logo, sejamos um canal de manifestação e de expressão desse desconforto. Ao não resistir ao que sente, você se verá livre de cada sensação sem fazer esforço.

Esse é o poder da aceitação e de não lutar contra aquilo que nós somos. Desconecte de tudo que vem consumindo a sua vitalidade e mantenha a atenção apenas em você mesmo.

Pense positivo, mas seja realista com as circunstâncias; pense positivo, mas seja realista com as próprias expectativas. Pense positivo, mas acolha as próprias emoções. Pense positivo, mas reconheça o momento de parar e redesenhar a rota.

Pense positivo, mas não anule a realidade. O que é mais importante pra você do que você mesmo?

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Sobre Mariana Pires, colunista do Por Dentro do RN

Mariana Pires Por Dentro do RN Gestão de Pessoas

Mariana Pires tem 29 anos, é formada em Gestão de Recursos Humanos pela UnP. Apaixonada por Desenvolvimento de Pessoas, atua como RH e como consultora na área de Organização Pessoal, promovendo liberdade através da criação de rotinas leves e produtivas.

Siga Mariana Pires também no Instagram: @marianapires.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês