Polícia Militar estima que cocaína apreendida na Redinha na última quarta-feira (9) vale cerca de R$ 69 milhões

Polícia Militar estima que cocaína apreendida na Redinha na última quarta-feira (9) vale cerca de R$ 69 milhões

A Polícia Militar do Rio Grande do Norte estima que a carga de 383,70 kg de cocaína apreendida na Redinha, na última quarta-feira (9.fev.2022), pode chegar a valer R$ 69 milhões. A estimativa foi feita com base na tabela de valores utilizada pela Polícia Rodoviária Federal durante as apreensões. De acordo com o documento, um quilo de cocaína é vendido pelo tráfico por cerca de R$ 180 mil.

Apreensão

A apreensão foi realizada na última quarta-feira, 9 de fevereiro, durante um patrulhamento de rotina da equipe do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) no bairro da Redinha, na zona Norte de Natal. Ao percorrerem as margens do Rio Potengi, os militares abordaram uma caminhonete com uma embarcação no reboque e mais dois carros que seguiam o veículo.

Ao realizarem a revista, constataram a presença de quase 400 quilos de cocaína no compartimento de carga da caminhonete. Durante a abordagem, os suspeitos tentaram fugir, mas foram capturados. A droga apreendida estava acondicionada em tabletes distribuídos em 14 bolsas de viagens, totalizando 383 quilos.

Foto: Divulgação/PMRN

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês