Advogada paraibana é presa pela segunda vez furtando peças de carne em supermercados de Natal e Parnamirim

Advogada paraibana é presa pela segunda vez furtando peças de picanha em supermercados de Natal e Parnamirim

Uma advogada da Paraíba, que não teve a identidade revelada, foi presa mais uma vez por furtar peças de picanha em uma rede de supermercados da capital potiguar. Desta vez, a mulher de 40 anos foi flagrada furtando peças de carne que totalizavam cerca de R$ 1 mil. A advogada foi flagrada colocando as peças de carne dentro de uma bolsa térmica em uma unidade do supermercado em Petrópolis, na zona Leste de Natal.

Ela tentou pagar fiança para responder pelo crime em liberdade, mas foi impedida porque é reincidente: há menos de um mês, a mulher foi presa pelo mesmo motivo e solta após pagar a fiança arbitrada na delegacia. De acordo com informações da Polícia Militar, a advogada teria tentado furtar em uma unidade da rede localizada no bairro de Emaús, em Parnamirim, mas saiu ao perceber que estava sendo vigiada.

Em Nova Parnamirim, todavia, a mulher conseguiu subtrair três peças de picanha e fugiu em direção à loja do bairro de Petrópolis, quando a equipe de segurança do local conseguiu detê-la e entregá-la à polícia. Na Central de Flagrantes da Zona Sul, ela foi levada ao quartel da PM para aguardar a decisão da Justiça.

Foto: Reprodução/Polícia Militar

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês