Jogador brasileiro que fugiu da Ucrânia desembarca em Natal; Edson Fernando joga no Rukh Lviv

Jogador brasileiro que fugiu da Ucrânia desembarca em Natal; Edson Fernando joga no Rukh Lviv

O jogador brasileiro Edson Fernando, de 23 anos, que conseguiu fugir da guerra na Ucrânia na última segunda-feira (28.fev.2022), desembarcou em Natal no fim da manhã desta quinta-feira (3.fev.2022) e reencontrou a família no aeroporto. De acordo com ele, a sensação era de alívio, por ter feito uma boa viagem e poder reencontrar todos bem.

“É uma sensação de alívio, né? Aproveito para agradecer a todo mundo que estava torcendo pela saída minha e de meus amigos. Graças a Deus a gente conseguiu sair de lá, daquele momento difícil que a gente viveu. Só sabe quem estava lá. Foi difícil pra caramba, mas a gente está aqui e agora vamos descansar e aproveitar a família”, comentou após abraçar o pai, a mãe e a namorada.

A família também relatou a sensação de poder encontrar Edson bem. O pai do jogador, Edson Gomes, estava emocionado. “Passei a semana sem conseguir trabalhar, chorando direto. Foi muito ruim para mim. Eu, como pai, passei a semana todinha sofrendo. Graças a Deus, agora estou muito feliz”, contou chorando.

“Preparei o creme de galinha que ele pediu. Está feito, esperando por ele. Foi feito com amor e saudade. Ele perdeu uns quilinhos e agora vou cuidar dele”, completou a mãe de Edson, Tarciane Pinheiro.

Edson Fernando ainda contou que deve passar poucos dias em Natal e viajar para São Paulo no início da próxima semana, onde pretende se reunir com seu empresário para definir o futuro profissional. De acordo com ele, existe a possibilidade de ser emprestado pelo time ucraniano Rukh Lviv para algum clube brasileiro.

“O empresário já esta vendo junto com outros clubes pra que a gente possa resolver o mais rápido possível, porque o é o que eu gosto de fazer, jogar futebol. Então eu quero jogar logo pra poder esquecer isso tudo”, disse.

Lembrando dos cinco dias que levou para sair da Ucrânia, após o início dos bombardeios russos, Edson Fernando contou que chegou a pensar em desistir de sair do país. Ele havia chegado à Ucrânia em janeiro, após ser contratado pelo Rukh Lviv e ainda treinava e participava de jogos amistosos para poder estrear no campeonato nacional nesta semana. A competição foi suspensa após o início da guerra.

Edson estava na cidade de Lviv, que fica perto da Polônia, e resolveu partir com colegas de clube para a fronteira para tentar deixar a Ucrânia na quinta-feira (24.fev.2022). Parte do percurso foi feita a pé.

Apesar disso, o jogador passou cerca de quatro dias na fronteira, sem conseguir atravessá-la. Até que, junto com o colega de clube e a namorada dele, foi resgatado por uma brasileira que entrou na Ucrânia para tentar ajudá-los. Eles conseguiram sair da Ucrânia pela Hungria na última segunda-feira (28.fev.2022).

“A gente saiu no primeiro dia que aconteceu os bombardeios, então a gente achou que pelo fato de a gente sair no primeiro dia a gente ia conseguir sair facilmente e não foi nada disso. A gente chegou ali (na fronteira com a Polônia), no quarto dia ali a gente já estava querendo desistir já, não tinha mais força pra nada, a gente não comia, a gente não tomava banho, a gente não escovava os dentes e comia só besteira. A gente já estava voltando para nossa cidade (Lviv). Caminhamos umas três horas para tentar achar um táxi e paramos num posto, com muito frio. Foi quando apareceu a Clara, a voluntária brasileira que está ajudando as pessoas a saírem de lá”, relatou.

Agora em casa, o jogador pretende, além de descansar, matar saudade da comida brasileira. “Hoje é o creme de galinha e amanhã vai ser churrasco”, disse.

Com informações do G1 RN
 Foto: Ayrton Freire/Inter TV Cabugi

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês