Polícia abre inquérito e vai investigar “Bloco dos Tornozelados” por apologia ao crime

Polícia abre inquérito e vai investigar “Bloco dos Tornozelados” por apologia ao crime

A Polícia Civil vai abrir um inquérito para investigar o “Bloco dos Tornozelados”. O grupo se caracterizou de detentos, com roupas semelhantes aos uniformes dos presidiários potiguares, além de acessórios nas pernas, que fariam alusão a uma tornozeleira eletrônica, e desfilou pelas ruas do bairro das Rocas, na zona Leste de Natal, na última terça-feira (1.mar.2022), durante o Carnaval.

Segundo a Polícia Civil, que confirmou a investigação por meio da assessoria de comunicação, o delegado Júlio Lima da 4ª Delegacia de Polícia, de Mãe Luíza, vai instaurar o procedimento e ouvir algumas pessoas identificadas no bloco. A Polícia informou que serão apuradas questões como apologia ao crime, previsto no artigo n°. 287 do Código Penal – Fazer, publicamente, apologia de fato criminoso ou de autor de crime: Pena – detenção, de três a seis meses, ou multa.

Vídeos do Bloco dos Tornozelados viralizaram nas redes sociais ao longo da última semana. Entre os participantes, haviam alguns foliões que confeccionaram e levaram objetos semelhantes a armas de fogo. Nos comentários das publicações nas redes sociais, usuários alertaram que a ação do bloco poderia ser interpretada como uma apologia ao crime.

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês