Mulheres Empreendedoras Empoderadas: Estácio lança projeto que visa empoderar mulheres por meio do empreendedorismo

Mulheres Empreendedoras Empoderadas: Estácio lança projeto que visa empoderar mulheres por meio do empreendedorismo

Em 2022, a Estácio segue com as atividades do Mulheres Empreendedoras Empoderadas (MEE), projeto de extensão lançado no ano passado pela instituição de ensino com a oferta de serviços de apoio psicológico e orientações de gestão organizacional com foco no empreendedorismo feminino. Contando com mais de 1200 estudantes, supervisionados por docentes dos diversos cursos ofertados pela Estácio, somente no seu primeiro ano de atuação, o projeto de extensão beneficiou mais de 30 mil pessoas.

A iniciativa acontece também em outros três estados do Brasil, e em Natal, a unidade Alexandrino comporta sua atuação. No cronograma do programa, são oferecidas oportunidades de atendimento individual e rodas de conversa sobre noções de liderança, marketing, atendimento e serviço, concomitante à escuta psicológica após processo de triagem.

“No primeiro ano de projeto, os atendimentos aconteceram de forma remota, e mesmo assim já sentimos a diferença que essa ação faz na vida de quem participa. Todas as mulheres com quem tivemos contato ao longo das atividades tinham muito potencial para empreender, só precisavam de um apoio, e foi o que fizemos. Certamente, nessa nova fase de 2022, que deve ocorrer de forma híbrida, vai ser ainda melhor”, avalia Edjane Buriti, coordenadora do projeto em Natal.

A participação do Mulheres Empreendedoras Empoderadas está aberta para todas as mulheres interessadas, mas há prioridade para vítimas de violência doméstica. Para a agenda de 2022, também está prevista uma parceria entre a Estácio e o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, para que esse público tenha mais um espaço para acolhimento e empoderamento.

O Mulheres Empreendedoras Empoderadas vai retomar suas práticas no mês de abril e as inscrições vão ser feitas via formulário online.

Atuante em projetos que contribuem para o desenvolvimento social e cultural do País, a Estácio apoia iniciativas ligadas ao Esporte, Escola, Cidadania, Cultura, Inovação e Empreendedorismo. O Programa de Responsabilidade Social Corporativa Educar para Transformar reflete o compromisso da instituição de oferecer uma educação de qualidade e acessível, e assim, gerar um impacto positivo para a construção de uma sociedade mais justa.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês