MPRN cria Central de Informação ao Cidadão

MPRN cria Central de Informação ao Cidadão

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) está disponibilizando mais um canal de acesso para facilitar a interação do cidadão com a instituição. Trata-se de uma central eletrônica e telefônica de atendimento, denominada de Central de Informação ao Cidadão. Por meio deste serviço de atendimento virtual, o cidadão poderá realizar denúncias, solicitar informações sobre procedimentos extrajudiciais, além de obter orientações mais qualificadas.

A resolução 036/2022, que trata da criação da Central de Informação ao Cidadão, será publicada neste sábado (12) no Diário Oficial do Estado e o serviço começa a ser prestado na segunda-feira (14). Vale destacar que o atendimento ao público é norma prevista como função do Ministério Público e como dever funcional.

O que é a Central de Informação ao Cidadão?

A Central de Informação ao Cidadão é disponibilizada em espaço específico no portal do MPRN, por intermédio de chatbot, sistema que permite conversação simultânea através de bate-papo (através de mensageiro WhatsApp), além de e-mail e, no formato telefônico, o número 127. É uma ferramenta de comunicação tanto assíncrona, que não exige conexão simultânea, como também síncrona, que é aquela que exige e possibilita conexão simultânea.

Entre as atribuições do novo serviço está receber e dar o encaminhamento devido às representações, reclamações, denúncias, críticas, elogios, sugestões, solicitações, pedidos de informações e de providências, e quaisquer outras manifestações, cientificando o interessado quanto às medidas adotadas.

A Central coexistirá com outras modalidades de atendimento ao público (eletrônica, telefônica e presencial) disponibilizadas diretamente pelas Promotorias de Justiça, Procuradorias de Justiça e Procuradoria-Geral de Justiça.

Foto: MPRN/Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês