PRF prende homem que transportava 5 quilos de cocaína escondidos no carro na BR-304, em Mossoró

PRF prende homem que transportava 5 quilos de cocaína escondidos no carro na BR-304, em Mossoró

Homem alegou aos policiais que não sabia que os 5 quilos de cocaína estavam escondido no carro.

Um homem de 55 anos foi preso pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na tarde desta terça-feira (11.out.2022) transportando mais de 5 quilos de cocaína escondidos no carro. A prisão aconteceu na BR-304, no município de Mossoró, na Região Oeste do Rio Grande do Norte.

Os policiais encontraram a droga sendo transportada no interior do para-lama do veículo, do modelo Tucson. O valor da cocaína estava estimado em cerca de R$ 900 mil. Além da droga, também foi apreendido R$ 812 em dinheiro e dois aparelhos celulares, que estavam de posse do condutor.

Segundo a PRF, o suspeito afirmou que não sabia que os 5 quilos de cocaína estavam escondidos no carro. Aos policiais, ele disse que viajava de Mossoró para Natal para visitar uma irmã. A PRF afirmou ainda que monitora as rotas do tráfico e usa o policiamento orientado por inteligência, além da fiscalização por parte dos agentes, para realizar esse tipo de apreensão.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês