Potiguares viram Mestres Nacionais de xadrez

Potiguares viram Mestres Nacionais de xadrez

Títulos de Mestre Nacional (MN) e Candidato a Mestre Nacional (CMN) foram concedidos pela Confederação Brasileira de Xadrez (CBX)

Enxadristas potiguares enfrentaram na última semana os melhores da modalidade, na seletiva da Copa do Mundo de Xadrez, realizada em Natal, e conquistaram os títulos de Mestre Nacional (MN) e Candidato a Mestre Nacional (CMN), concedidos pela Confederação Brasileira de Xadrez (CBX) aos profissionais que tenham obtido a pontuação igual ou superior a 4.5 pontos em nove rodadas.

O mais jovem titulado CBX foi Giovanni Brandão, de apenas 15 anos. Aluno do 9º ano do ensino fundamental do Amadeus Centro Educacional, o novo Mestre Nacional comemorou a conquista. “Meu sonho era ser um jogador titulado e com muito esforço, mais o apoio da minha família, consegui essa conquista diante de adversários de altíssimo nível, foi uma experiência incrível e só tenho a agradecer a CBX que trouxe esse evento internacional para Natal”, revelou.

Giovanni Brandão atingiu os 4,5 pontos necessários com três empates, sendo que um foi contra o Mestre FIDE (MF) Máximo Macedo e outro contra o Mestre Nacional (MN) Márcio Jordão. Depois, venceu duas partidas contra o mineiro Marco Túlio e o pernambucano Luiz Henrique, mas sua grande atuação foi na vitória sobre o Mestre FIDE (MF) Herbert Carvalho, campeão brasileiro sênior.

O segundo Mestre Nacional do xadrez potiguar é João Vitor, de 17 anos, aluno do segundo ano do ensino médio do Contemporâneo. Ele empatou com Mestre Fide (MF) Carlos Henrique, presidente da FNX, e venceu o MF Máximo Valério, depois empatou com Fred Saboia, nove vezes campeão cearense. “Confesso que não entrei muito bem, perdi no começo, mas depois peguei confiança e fiz um jogo mais agressivo, e graças ao professor Igor que me apresentou o xadrez hoje sou um Mestre Nacional”, disse João Vitor.

A seletiva sul-americana também deu o título de Candidato a Mestre Nacional (CMN) a Emanuel Tavares, 18 anos, irmão de Giovanni. “Esperava somar 4,5 mas não deu, só consegui 3 pontos, joguei bem, venci o experiente Alexandre Macedo, e o título de Candidato a Mestre Nacional me motivou ainda mais, pois meu objetivo é ser um grande mestre do xadrez”, comentou o aluno de Logística, do IFRN.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês