Wendel Lagartixa tem candidatura cassada pelo TSE

Wendel Lagartixa tem candidatura cassada pelo TSE

Wendel Lagartixa foi o candidato mais votado para o cargo de deputado estadual nas eleições do dia 2 de outubro.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) indeferiu o registro de candidatura do ex-policial militar Wendel Fagner Cortez de Almeida, mais conhecido como Wendel Lagartixa (PL). A decisão ocorreu no início da noite desta quinta-feira (20.out.2022) e foi assinada pelo ministro Ricardo Lewandowski, relator do processo.

Wendel Lagartixa (PL) foi o candidato mais votado para o cargo de deputado estadual nas eleições do dia 2 de outubro. Ele recebeu 88.265 votos.

A cassação do ex-policial ocorreu após um pedido do Ministério Público Eleitoral do RN (MPE), feito no dia 11 de outubro. De acordo com o MPE, Wendel Lagartixa (PL) foi condenado por posse de arma ou munição de uso restrito sem autorização, e terminou de cumprir a pena em 4 de junho de 2021. Neste caso, ele não teria cumprido o período de oito anos de inelegibilidade previsto em lei para quem é condenado por crime hediondo.

“Verifico que a interpretação mais coerente com o objetivo da norma inserta na Lei 13.964/2019, que alterou a Lei de Crimes Hediondos, é a de que a posse ou porte de arma de fogo, acessório ou munição, tanto de uso proibido quanto restrito, possui natureza de crime hediondo. Dito isso, a conclusão a que se chega é a de que o crime pelo qual Wendel Fagner Cortez de Almeida foi condenado – posse de munição de uso restrito – é classificado como hediondo. Não tendo ainda transcorrido o prazo de 8 anos desde a extinção da punibilidade pelo cumprimento da pena, que se deu em 4/6/2021, imperioso se faz o reconhecimento da sua inelegibilidade”, afirmou o ministro Ricardo Lewandowski.

O caso ainda será analisado pelos demais ministros do TSE. Caso a decisão seja confirmada, Wendel Lagartixa não poderá assumir o mandato. A decisão também altera a a composição da Assembleia Legislativa para a legislatura 2023-2026, com o PL perdendo uma cadeira, e um PSDB ganhando uma. No caso, o deputado Ubaldo Fernandes passa a condição de reeleito e assumiria um novo mandato.

Foto: Dani Oliveira/98FM/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar