Família de São Miguel (RN) pede doações para custear tratamento de filha com câncer agressivo; Letícia Maria Neves foi diagnosticada com Linfoma de Burkitt

Família de São Miguel (RN) pede doações para custear tratamento de filha com câncer agressivo; Letícia Maria Neves foi diagnosticada com Linfoma de Burkitt

A família da menina Letícia Maria Neves, natural de São Miguel, no interior do Rio Grande do Norte, está realizando uma campanha de financiamento coletivo para tratar a filha de um câncer denominado Linfoma de Burkitt, um linfoma não Hodgkin agressivo de células B que ocorre em crianças e adultos. O tratamento da menina, que tem 12 anos, custa cerca de R$ 2,5 milhões e será feito parcialmente nos Estados Unidos.

Família de São Miguel (RN) pede doações para  custear tratamento de filha com câncer agressivo; Letícia Maria Neves foi diagnosticada com Linfoma de Burkitt

No intuito de arrecadar o valor, a família potiguar abriu uma campanha online para financiar o tratamento, conhecido formalmente como Cart T Cell. De acordo com a mãe de Letícia Maria Neves, Luana Neves, a utilização desse tratamento se faz necessária uma vez que a menina já passou por oito ciclos quimioterápicos, os quais não auxiliaram na regressão da enfermidade. “Ela fica períodos em hospital e períodos em casa. Esse é o período mais crítico dela”, explicou Luana.

Confira abaixo o apelo da família de Letícia

Oi, sou a Letícia, há fui 10 meses fui diagnosticada um câncer agressivo, um Linfoma de Burkitt de alto grau. Desde então estive em tratamento quimioterápico, sendo transferida há 2 meses para Curitiba pra dar continuidade ao tratamento e posterior transplante de medula óssea (TMO), mas o mesmo não pôde ser feito porque não houve regressão da doença pra isso, o que é necessário pro TMO.

Essa semana foi proposto com urgência um novo tratamento que pode ser a chave pra minha cura, o Cart T Cell. Recentemente foi aprovado no Brasil mas já é feito fora do país. Nesse caso, minhas células doentes vão ser colhidas e levadas para os EUA pra voltarem saudáveis e serem reinjetadas em mim. O custo desse tratamento é de 400.000 dólares (cerca de 2,5 milhões de reais).

image 4

O nosso plano de saúde negou o tratamento e, por ser caráter de urgência, não podemos mais esperar burocracias jurídicas. Precisamos agir agora! Apesar do alto custo, se conseguirmos chegar ao maior número de pessoas, e cada um fizer uma pequena contribuição, podemos reestabelecer minha saúde integralmente. Conto com vocês! Me ajudem a vencer o câncer! Para honra e glória do Senhor Jesus! Amém!

Como doar para Letícia Maria Neves?

As doações podem ser realizadas pelo site Vakinha, por meio do link:

https://www.vakinha.com.br/3231653

image 5

Ou diretamente pelo Pix da irmã da menina, por meio do número:

(85) 9.9748-7807

Qualquer ajuda é bem-vinda!

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês