Bolsonaristas não aceitam derrota e tumultuam em frente a quartel do Exército em Natal: “Vai ser na bala”

Bolsonaristas não aceitam derrota e tumultuam em frente a quartel do Exército em Natal Vai ser na bala

Manifestantes bolsonaristas trajados com camisa da seleção não aceitaram o resultado das eleições que deu a vitória para o candidato do PT, Luiz Inácio Lula da Silva, e ocuparam uma faixa da avenida Hermes da Fonseca, em Natal, à altura do 16° Batalhão de Infantaria Motorizado do Exército (16RI).

Gritando palavras de ordem contra o presidente recém-eleito, os bolsonaristas que participavam do ato golpista defenderam que Lula fosse retirado “na bala”. Não houve resposta por parte dos militares que estavam de serviço no local. De acordo com a STTU, o bloqueio na Hermes da Fonseca já foi desfeito e os manifestantes seguem em “motociata pela Avenida Salgado Filho”.

De acordo com a Lei N° 1.802/53, são crimes contra o Estado:

Art. 2º – Tentar

III – mudar a ordem política ou social estabelecida na Constituição, mediante ajuda ou subsídio de Estado estrangeiro ou de organização estrangeira ou de caráter internacional;

IV – subverter, por meios violentos, a ordem política e social, com o fim de estabelecer ditadura de classe social, de grupo ou de indivíduo;

Pena: – no caso dos itens I a III, reclusão de 15 a 30 anos aos cabeças, e de 10 a 20 anos ao demais agentes; no caso do item IV, reclusão de 5 a 12 anos aos cabeças, e de 3 a 5 anos aos demais agentes.

Art. 3º Promover insurreição armada contra os poderes do Estado.

Pena:- reclusão de 3 a 9 anos, aos cabeças; de 2 a 6 anos aos demais agentes.

Foto: Reprodução/Twitter

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês