Polícia Civil divulga balanço das operações de combate à violência contra a mulher

Polícia Civil divulga balanço das operações de combate à violência contra a mulher

Ao todo, 100 prisões foram realizadas e 909 inquéritos policiais foram concluídos e encaminhados à Justiça

A Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Norte (PCRN) divulgou nesta segunda-feira (4.abr.2023) um balanço das operações “Atria” e “Mulheres Seguras”, que foram realizadas durante o mês de março em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. A operação “Atria” foi coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, enquanto a “Mulheres Seguras” foi coordenada pelo Departamento de Proteção a Grupos em Situação de Vulnerabilidade (DPGV) da PCRN.

No total, foram realizadas 100 prisões relacionadas à investigação de crimes praticados contra mulheres, tanto no contexto doméstico e familiar quanto crimes sexuais contra crianças, adolescentes, idosas e mulheres fora do âmbito familiar. Além disso, 909 inquéritos policiais foram concluídos e encaminhados à Justiça, 295 vítimas de violência foram visitadas, 84 denúncias foram apuradas, cinco armas foram apreendidas e 29 ações preventivas e pedagógicas foram realizadas em todo o estado para esclarecer dúvidas sobre as formas de violência praticadas no âmbito doméstico e/ou familiar.

As operações tiveram diversos escopos, como ações preventivas, repressivas, de inteligência e educativas, de acordo com o cronograma de ações enviado ao Ministério da Justiça e à PCRN. As ações foram iniciadas em 28 de fevereiro e encerradas em 31 de março.

A PCRN ressalta que qualquer denúncia de violência doméstica ou descumprimento de medidas protetivas de urgência (MPU) pode ser comunicada pelos meios oficiais, como a delegacia virtual do Sinesp.

Foto: Divulgação/Polícia Civil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês