Receita Federal destrói mais de 4 milhões de maços de cigarros contrabandeados em Natal

Receita Federal destrói mais de 4 milhões de maços de cigarros contrabandeados em Natal

Força-tarefa de destruição foi feita em parceria com a empresa Souza Cruz

A Receita Federal em Natal realizou, em parceria inédita com a empresa Souza Cruz, do grupo BAT Brasil, a destruição de 4.370.000 maços de cigarros apreendidos por contrabando e descaminho. A operação ocorreu na última sexta-feira (31.mar.2023), em um galpão na cidade de Natal, capital do Rio Grande do Norte, e contou com a participação de mais de 20 pessoas, entre servidores da Receita Federal, terceirizados e funcionários da empresa contratada.

A destruição dos cigarros foi realizada através de máquinas especiais capazes de triturar e compactar os produtos. A parceria entre a Receita Federal e a Souza Cruz é um exemplo de cooperação entre órgãos públicos e empresas privadas na luta contra o crime organizado.

A ação teve como objetivo combater a entrada ilegal de cigarros no país. Segundo o delegado da Receita Federal em Natal, Wyllo Marques, os cigarros apreendidos foram avaliados em cerca de R$ 17 milhões e entrariam ilegalmente no mercado brasileiro. A destruição dos cigarros apreendidos é uma medida importante para coibir a atividade ilegal de contrabando, de acordo com a Receita Federal.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês