Inglaterra vence Brasil nos pênaltis e fica com título da Finalíssima

Inglaterra vence Brasil nos pênaltis e fica com título da Finalíssima

Seleção brasileira joga bem diante de campeãs europeias

A esperada vitória não veio, mas o Brasil deixou uma boa impressão na derrota de 4 a 2 nos pênaltis para a Inglaterra (após empate por 1 a 1 no tempo regulamentar), na tarde desta quinta-feira (6) diante de um público de 83.132 pessoas no estádio de Wembley, na partida que valeu o primeiro título da Finalíssima (confronto entre as campeãs sul-americana e europeia).

Diante de uma das equipes apontadas como favoritas ao título da Copa do Mundo de futebol feminino (que será disputada na Austrália e na Nova Zelândia entre 20 de julho e 20 de agosto) a técnica sueca Pia Sundhage optou por iniciar a partida com uma defesa reforçada, com uma linha de cinco jogadoras (três zagueiras e duas laterais).

Porém, esta formação não conseguiu impedir a Inglaterra, atual 4ª colocada do ranking de seleções da Fifa, de mandar na partida nos primeiros minutos. E foi justamente no início do confronto que as Leoas abriram o placar. Aos 22 minutos a lateral Lucy Bronze tabelou com a meio-campista Stanway e tocou para Toone, que chegou batendo de primeira para superar Lelê.

Aos 28 a equipe da casa chegou a superar novamente a goleira brasileira com Lauren James, mas o lance foi anulado após a árbitra assinalar impedimento na jogada.

Nos 15 minutos da segunda etapa a seleção brasileira viveu o seu melhor momento na partida. A equipe comandada por Pia Sundhage adiantou suas linhas e pressionou muito a saída de bola das inglesas. Com isso, roubou algumas bolas e criou ao menos seis chances de marcar.

Depois a partida ficou igual, com as duas equipes alternando oportunidades. Porém, o Brasil foi muito corajoso nos minutos finais e, na base da vontade, arrancou o empate já aos 47. Adriana cruzou rasteiro para área e a goleira Earps defendeu apenas de forma parcial. Andressa aproveitou o rebote e chutou firme para empatar e levar a decisão para as penalidades máximas.

Nos pênaltis, Stanway e Adriana não falharam na primeira rodada. Depois Lelê encheu o Brasil de esperança de ficar com o título ao defender o chute de Toone. Mas logo depois Earps defendeu o chute de Tamires, enquanto Daly não vacilou. Rafaelle chutou no travessão e Alex Greenwood marcou. Kerolin manteve a equipe canarinho viva, mas Chloe Kelly não perdoou e fechou a disputa em 4 a 2.

Agora o Brasil se prepara para o amistoso contra a Alemanha, o último antes da Copa do Mundo. A partida contra o time que ocupa a 2ª posição do ranking da Fifa será disputada na próxima terça-feira (11) na cidade de Nuremberg (Alemanha).

Foto: Thais Magalhães/CBF/Direitos Reservados

Da Agência Brasil

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês