América estreia na Série C com derrota

América estreia na Série C com derrota

Ypiranga-RS ainda ficou com dois jogadores a menos nos minutos finais, mas mesmo assim, garantiu a vitória sobre o ‘Mecão’

O América de Natal estreou na Série C do Campeonato Brasileiro com derrota para o Ypiranga-RS por 2 a 1, nesta quarta-feira (3.mai.2023), na Arena das Dunas, em Natal. O time gaúcho ainda ficou com dois jogadores a menos nos minutos finais, mas mesmo assim, garantiu a vitória sobre o ‘Mecão’.

Os dois gols do Ypiranga foram marcados por Erick Farias, enquanto Vini Guedes descontou para os donos da casa. O próximo jogo do Ypiranga será contra o CSA no Colosso da Lagoa, enquanto o América enfrentará o Amazonas no Estádio Carlos Zamith.

O Ypiranga abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo, mas o América passou a atacar mais e empatou aos 35 minutos com o estreante Vini Guedes. No segundo tempo, o Ypiranga voltou mais ligado e marcou o segundo gol logo aos três minutos com Erick Farias.

Apesar de ter perdido dois jogadores expulsos – Heitor e Netto – o Ypiranga resistiu à pressão do América e garantiu a vitória. O público total da partida foi de 9.063 pessoas, com renda de R$ 178.285,00.

Foto: Enoc Júnior/Ypiranga Futebol Clube

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês