Polícia apreende 25 kg de crack e pistolas em Extremoz; suspeito morre durante confronto

Polícia apreende 25 kg de crack e pistolas em Extremoz; suspeito morre durante confronto

Suspeito que morreu era foragido da Justiça por homicídio e suspeito de liderar uma facção criminosa na Zona Norte de Natal

Uma operação policial resultou na apreensão de 25 kg de crack, duas pistolas e na morte de um suspeito em Extremoz, na Região Metropolitana Natal, na tarde da última sexta-feira (5.mai.2023).

O homem, identificado como Jefferson Hugo Matias de Lima, conhecido como “Jeffinho do Sarney”, era foragido da Justiça por homicídio e suspeito de liderar uma facção criminosa no Loteamento José Sarney, na Zona Norte de Natal.

A polícia chegou ao local após denúncias anônimas sobre a grande quantidade de droga guardada no loteamento Portal do Sol. Durante a ação, houve confronto e o suspeito foi atingido e não resistiu aos ferimentos.

Uma das pistolas apreendidas pertencia à Polícia Civil e a outra havia sido roubada de um policial militar aposentado que foi assassinado em um parque eólico de São Miguel do Gostoso.

O material apreendido foi apresentado na Delegacia de Plantão da Polícia Civil na Zona Norte de Natal.

Foto: Divulgação/PM

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês