Homem morre após ser espancado por acusação falsa de roubo de moto em São Paulo

Homem morre após ser espancado por acusação falsa de roubo de moto em São Paulo

O dono do veículo informou à Polícia Militar (PM) ter emprestado a moto à vítima

Um homem de 49 anos, identificado como Osil Vicente Guedes, morreu neste domingo (7.mai.2023) após ser espancado por três pessoas acusado injustamente de roubar uma moto no Guarujá, no interior de São Paulo. O dono do veículo informou à Polícia Militar (PM) ter emprestado a moto à vítima.

O espancamento aconteceu na última quarta-feira (3.mai). Osil foi atacado com pedaços de madeira e capacete. Um vídeo gravado por celular mostra o momento da agressão. Ele estava internado na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Santo Amaro, onde foi declarada a morte encefálica.

Testemunhas relataram à PM que as agressões começaram após um grito de “pega ladrão” direcionado a Osil. No entanto, após averiguação da Polícia Civil, o dono da moto afirmou que havia emprestado o veículo a Osil naquele mesmo dia e que mantinha contato com a vítima há anos.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo informou que a natureza da ocorrência foi modificada para homicídio e que o irmão da vítima foi ouvido. Diligências estão sendo feitas para esclarecer os fatos.

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês