Polícia Civil prende suspeito por agredir idoso em Macaíba

Polícia Civil prende suspeito por agredir idoso em Macaíba

Suspeito teria agredido um idoso de 74 anos, sem motivo aparente, com vários chutes e socos, em 1° de janeiro de 2023

Policiais civis da Delegacia Especializada de Proteção ao Idoso e à Pessoa com Deficiência de Natal (DEPID/Natal) deram cumprimento, nesta segunda-feira (8.mai.2023), a um mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem suspeito por lesão corporal grave. Ele foi preso no bairro Mangabeira, em Macaíba, na Região Metropolitana de Natal.

Segundo as investigações, o homem teria agredido um idoso de 74 anos, sem motivo aparente, com vários chutes e socos, em 1° de janeiro de 2023. Ele também teria utilizado um pé de cabra para quebrar o braço do idoso, o qual mudou de endereço após a alta hospitalar, pois temia por sua vida.

O suspeito também ameaçou testemunhas antes de fugir do local do crime, localizado no bairro Felipe Camarão, em Natal. Ele foi encaminhado para o sistema prisional, onde permanecerá à disposição da Justiça. A Polícia Civil solicita que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do Disque Denúncia 181.

Foto: Arquivo/POR DENTRO DO RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês