Impasse sobre retorno de 100% da frota de ônibus de Natal permanece

Impasse sobre retorno de 100% da frota de ônibus de Natal permanece

Juiz determinou o retorno da operação de 100% das linhas do sistema público da capital potiguar

O prefeito de Natal, Álvaro Dias (Republicanos), o procurador geral do Município, Thiago Tavares, e a secretária Daliana Bandeira, da Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU), participaram, nesta segunda-feira (8.mai.2023), de uma audiência de conciliação para tratar da Ação Popular 0816121-07.2022, que envolve a diminuição da frota do transporte público da cidade.

A reunião contou com a presença do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano do Município (Seturn) e da deputada federal Natália Bonavides (PT), que propôs a ação. No entanto, não houve acordo entre as partes envolvidas.

Durante sua participação, o prefeito Álvaro Dias solicitou o apoio da deputada para que o governo Federal apoie a aprovação de um projeto de lei que permita o pagamento do subsídio para custear as passagens dos idosos nos sistemas de transporte coletivo do País.

“Essa é uma problemática nacional, mas todas as reclamações costumam cair no colo dos gestores municipais. Estamos trabalhando e nos esforçando para melhorar o transporte público de Natal, mas é preciso um suporte maior do Governo Federal e do Governo Estadual no compartilhamento dos custos, assim como um apoio maior dos nossos congressistas na análise de projetos envolvendo essa temática”, afirmou Álvaro.

O prefeito lembrou que o passageiro comum acaba pagando pelas gratuidades e benefícios previstos em lei para idosos, estudantes e outras categorias. Ele também admitiu que a Prefeitura está estudando a forma de melhorar o equilíbrio ao sistema de transporte, já que houve uma queda no número de passageiros transportados desde a pandemia que não foi retomada até hoje.

Durante a reunião, o juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal, Arthur Cortez Bonifiácio, determinou o retorno da operação de 100% das linhas do sistema público da capital potiguar, até o julgamento do mérito da ação.

Para solucionar a questão do transporte público de Natal, o prefeito também informou que a gestão contratou um estudo junto à Associação Nacional dos Transportes Públicos (ANTP) para embasar as ações relacionadas ao sistema de transporte público da cidade, visando oferecer um serviço de qualidade e com um preço acessível aos usuários.

O trabalho foi entregue à STTU, que fez alguns apontamentos: “Recebemos o material, analisamos e fizemos alguns questionamentos, trazendo a nossa realidade de operação. A equipe da ANTP vai fazer os ajustes e dentro desse período de 60 dias iremos apresentar o resultado final para embasar as nossas ações relacionada ao sistema de transporte pública de Natal, pensando sempre em oferecer um serviço de qualidade e com um preço acessível aos usuários”, explicou o prefeito.

Foto: Alex Regis

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês