OMS declara fim da emergência em saúde por varíola dos macacos

OMS declara fim da emergência em saúde por varíola dos macacos

Varíola dos macacos matou 140 pessoas em 111 países

A Organização Mundial da Saúde (OMS) retirou o status de emergência em saúde pública de importância internacional da mpox, também conhecida como varíola dos macacos, nesta quinta-feira (11.mai.2023). Em julho de 2022, a entidade decretou o status de emergência em razão do surto da doença em diversos países. Mais de 87 mil casos e 140 mortes foram reportadas em 111 países.

Segundo a OMS, houve uma queda de quase 90% nos casos da doença nos últimos três meses em comparação com o trimestre anterior. No entanto, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, ressaltou que a mpox continua a apresentar desafios significativos que exigem uma resposta robusta, proativa e sustentável, especialmente para pessoas com infecção por HIV não tratada.

“Entretanto, assim como com a covid-19, o fim da emergência não significa que o trabalho acabou. A mpox continua a apresentar desafios de saúde pública significantes que precisam de uma resposta robusta, proativa e sustentável”, explicou o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus.

Varíola dos macacos

A mpox é uma doença zoonótica viral que pode ser transmitida para humanos por meio do contato com animais silvestres infectados, pessoas infectadas pelo vírus e materiais contaminados. Os sintomas incluem erupções cutâneas ou lesões de pele, linfonodos inchados, febre, dores no corpo, dor de cabeça, calafrio e fraqueza. O período de incubação pode variar de três a 21 dias. Depois que as crostas na pele desaparecem, a pessoa infectada deixa de transmitir o vírus.

Foto: Débora F. Barreto-Vieira/IOC/Fiocruz

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês