Força Nacional ficará mais 30 dias no RN

Força Nacional ficará mais 30 dias no RN

A chegada dos militares da Força Nacional ao RN aconteceu em resposta à onda de violência provocada por facções criminosas no estado

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) prorrogou por mais 30 dias a presença da Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) no Rio Grande do Norte. A Portaria nº 372, de 12 de maio de 2023 do MJSP foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (15.mai.2023).

Segundo o documento, os militares vão atuar nas atividades e nos serviços imprescindíveis à preservação da ordem pública, da segurança das pessoas e preservação do patrimônio, em caráter episódico e planejado, por 30 dias, no período de 14 de maio a 12 de junho de 2023.

A chegada dos militares da Força Nacional ao RN aconteceu em resposta à onda de violência provocada por facções criminosas no estado, com incêndios e tiroteios contra prédios públicos, veículos e residências, em retaliação às condições dos presídios, ocorrido no último mês de março. Na ocasião, mais de 300 ataques criminosos foram registrados no estado.

Ainda de acordo com o documento, o contingente de militares a ser disponibilizado “obedecerá ao planejamento definido pela diretoria da Força Nacional de Segurança Pública da Secretaria Nacional de Segurança Pública do MJSP”. A capital do RN, Natal, será a sede da operação da FNSP, que terá apoio logístico do governo do Estado.

Atualmente, mais de 800 militares da Força Nacional estão no RN.

Foto: Arquivo/POR DENTRO DO RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês