Relatório aponta que acidente aéreo de Marília Mendonça não foi culpa do piloto ou da aeronave

Relatório aponta que acidente aéreo de Marília Mendonça não foi culpa do piloto ou da aeronave

Segundo o advogado da família da cantora, Robson Cunha, a principal causa foi um cabo de energia

De acordo com o relatório divulgado pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) apresentado nesta segunda-feira (15.mai.2023), o acidente com o avião de Marília Mendonça, que resultou em sua morte e de mais quatro pessoas, não foi causado por falha do piloto ou da aeronave. 

Segundo o advogado da família da cantora, Robson Cunha, a principal causa foi um cabo de energia. O Cenipa sugere a instalação de identificadores nas linhas de transmissão para evitar novos acidentes. A família de Marília Mendonça não compareceu à apresentação do relatório e busca evitar futuros incidentes semelhantes.

O advogado relatou que o trabalho do Cenipa não visa acusar, porém, indicar os responsáveis e criar ambientes para que situações, como a que ocorreu com a cantora e sua equipe, possam ser evitadas. A partir do relatório, o indicado é que sejam colocados identificadores nas linhas de transmissão, “ainda que esteja fora do perímetro de segurança do aeroporto, para evitar novos acidentes”.

O acidente ocorreu em 5 de novembro de 2021, em Piedade de Caratinga, Minas Gerais. O avião, um bimotor Beech Aircraft da PEC Táxi Aéreo, transportava a equipe da cantora e caiu durante o trajeto para um show em Caratinga. Além de Marília Mendonça, faleceram Geraldo Medeiros (piloto), Tarciso Viana (copiloto), Henrique Ribeiro (produtor) e Abicieli Silveira Dias Filho (tio e assessor da artista). 

As vítimas sofreram politraumatismo contuso e morreram após a queda da aeronave. O avião estava regularizado e autorizado para táxi aéreo, de acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Foto: Prefeitura de Caruaru/Ilustração/Arquivo

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês