Rússia ameaça ataque nuclear preventivo à Ucrânia em caso de fornecimento de armas

Rússia ameaça ataque nuclear preventivo à Ucrânia em caso de fornecimento de armas

Medvedev afirmou que o Ocidente está subestimando seriamente o risco de uma guerra nuclear

Dmitry Medvedev, vice-presidente do Conselho de Segurança russo, alertou que a Rússia lançará um ataque nuclear preventivo na Ucrânia se o país receber armas de seus aliados. Medvedev afirmou que o Ocidente está subestimando seriamente o risco de uma guerra nuclear e que as negociações entre Moscou e Kiev são impossíveis no momento.

Medvedev, aliado próximo de Vladimir Putin, declarou que a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) está expandindo o envio de armas para a Ucrânia, incluindo possíveis caças F-16 e armas nucleares. Ele ressaltou que, caso isso aconteça, mísseis com cargas nucleares seriam lançados sobre os ucranianos.

Além disso, Medvedev afirmou que as negociações com a Ucrânia são impossíveis enquanto Volodymyr Zelensky estiver no poder. Ele expressou sua opinião de que, enquanto essas pessoas estiverem no comando, a situação não mudará para a Rússia por meio de negociações.

Essas declarações surgem logo após o presidente da Bielorrússia, Alexander Lukashenko, anunciar a transferência de armas nucleares táticas russas para o território bielorrusso. No entanto, o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, enfatizou que a Rússia mantém o controle e a decisão sobre o uso dessas armas, e que elas não serão entregues ao país aliado.

Foto: Kremlin/Fotos Públicas

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês