Acusado de matar e decapitar travesti de 15 anos em Natal é condenado a 18 anos de prisão

Acusado de matar e decapitar travesti de 15 anos em Natal é condenado a 18 anos de prisão

Homem confessou crime e é sentenciado por homicídio qualificado e ocultação de cadáver

A Justiça do Rio Grande do Norte condenou, nessa quinta-feira (6.jul.2023) Alisson Souza de Lima, de 26 anos, à pena de 18 anos e seis meses de prisão pelo assassinato e decapitação da travesti Ester Gomes da Silva, de 15 anos, ocorrido em outubro de 2022. O acusado confessou o crime, alegando ter tido um desentendimento com a vítima.

Corpo de travesti é encontrado sem cabeça na zona Norte de Natal

Os registros das câmeras de segurança divulgados pela Polícia Civil mostram Alisson e Ester conversando na rua pouco após às 20h30 do dia 13 de outubro. O corpo da vítima foi encontrado sem a cabeça na Policlínica Norte no dia seguinte.

Em outro vídeo registrado às 22h, Alisson é flagrado carregando uma sacola, na qual confessou à polícia ter levado a cabeça da vítima. O corpo de Ester foi descoberto pelo vigilante da unidade de saúde municipal por volta das 5h do dia 14 de outubro, com sinais de decapitação, um dedo faltando e marcas de perfurações nas costas.

O autor do crime foi condenado pelos delitos de homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver.

A identificação de Ester foi realizada pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep-RN) no dia 19 de outubro. Na mesma data, a Polícia Civil prendeu o suspeito do crime no bairro Pajuçara, na Zona Norte de Natal.

O acusado confessou o assassinato e informou às autoridades que havia jogado a cabeça da vítima em um cacimbão em Genipabu. No entanto, a cabeça só foi encontrada pela polícia em 4 de novembro.

Foto: Kindel Media/Pexels/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês