Incêndio causa prejuízo milionário em galpão de UTVs em Parnamirim

Incêndio causa prejuízo milionário em galpão de UTVs em Parnamirim

Polícia investiga possível envolvimento de ex-funcionário

Um galpão localizado no bairro Parque das Nações, em Parnamirim, na Região Metropolitana de Natal, foi atingido por um incêndio na manhã desta quarta-feira (19.jul.2023), resultando na destruição de 26 UTVs (Utility Task Vehicles), veículos utilizados para trilhas que se assemelham a quadriciclos. Estima-se que o prejuízo causado pelo incêndio ultrapasse os R$ 2 milhões, considerando que um UTV novo pode custar mais de R$ 100 mil reais, dependendo do modelo.

O Corpo de Bombeiros foi acionado por volta das 6h30 e iniciou os esforços para conter o fogo, que continuava sendo combatido na garagem com os UTVs às 7h30. Felizmente, não houve vítimas, restringindo-se os danos apenas a perdas materiais. A origem do incêndio ainda é desconhecida e será objeto de investigação.

Os UTVs, também conhecidos como veículos utilitários multitarefas, ocupam um espaço intermediário entre carros e quadriciclos, com base e motorização semelhantes a estes últimos, porém equipados com uma “gaiola”, uma estrutura tubular que envolve a carroceria para proteção em caso de capotagens e acidentes. Essa característica permite que dois passageiros, como piloto e navegador em competições, se acomodem no veículo.

Tanto os UTVs quanto os quadriciclos não podem ser emplacados e, portanto, não são autorizados a circular em vias públicas. Sua confiabilidade mecânica e o preço acessível os tornam atrativos para competições. Por exemplo, modelos de competição da conhecida fabricante Can-Am começam a partir de R$ 94.990.

Investigações apontam possível envolvimento de ex-funcionário no incêndio

A Polícia Civil já deu início às investigações do incêndio. Acredita-se que o incêndio tenha sido criminoso e uma das linhas de investigação aponta para o possível envolvimento de um ex-funcionário da loja.

Até o momento, não houve prisões relacionadas ao caso, mas a polícia está considerando a hipótese de um ex-funcionário que foi demitido na semana passada ter alguma participação no crime. As autoridades seguem trabalhando no local, coletando informações com o apoio do Itep (Instituto Técnico-Científico de Perícia). Além disso, estão analisando os circuitos de câmeras de monitoramento em busca de pistas que possam ajudar a esclarecer o ocorrido, e as diligências continuam em andamento.

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar