Casa em condomínio de Pium é flagrada fazendo ‘gato de energia’ duas vezes em menos de um ano

Casa em condomínio de Pium é flagrada fazendo ‘gato de energia’ duas vezes em menos de um ano

Técnicos identificam segunda irregularidade no mesmo imóvel em menos de um ano, enquanto esforços de combate aos “gatos de energia” se intensificam

Uma operação coordenada entre equipes da Neoenergia Cosern e agentes da Polícia Militar resultou no desmantelamento de uma conexão clandestina de energia elétrica em um imóvel situado em um condomínio em Pium, localizado em Parnamirim, na Região Metropolitana de Natal. O caso aconteceu na manhã da última quinta-feira (10.ago.2023).

intervenção representa a segunda ocorrência em menos de doze meses, envolvendo a mesma residência, que estava indevidamente ligada diretamente à rede elétrica, contornando o medidor de consumo. O morador responsável pela infração foi detido e encaminhado à Delegacia de Polícia de Nísia Floresta para prestar esclarecimentos perante as autoridades.

De acordo com Ângela Barreto, gerente de Gestão da Receita da Neoenergia Cosern, é crucial ressaltar que tais ligações clandestinas de energia constituem um delito estipulado pelo Código Penal brasileiro, especificamente pelo Artigo 155.

A empresa está intensificando seus esforços no combate aos populares “gatos de energia”, buscando não somente recuperar a eletricidade subtraída ilegalmente, mas também aprimorar a segurança e a qualidade do fornecimento de energia para os clientes que rejeitam participar dessa prática criminosa.

A prática ilegal de “gatos” não apenas configura um crime passível de punição, com possibilidade de até oito anos de reclusão para o infrator responsável pela irregularidade, mas também representa um risco de vida tanto para quem realiza a conexão clandestina quanto para aqueles que estão nas proximidades. Além disso, essas ligações não autorizadas podem resultar em perturbações no fornecimento de energia para toda a região e causar danos aos eletrodomésticos dos vizinhos no local onde a fraude é perpetrada.

As operações de combate às ligações clandestinas em todo o estado do Rio Grande do Norte estão sendo intensificadas pela Neoenergia Cosern. No primeiro semestre de 2023, foi possível recuperar um total de 11 gigawatts de energia que estavam sendo desviados ilegalmente. Esse montante seria suficiente para abastecer todo o estado por cerca de 16 horas consecutivas, destacando a magnitude do problema e a importância desses esforços conjuntos para garantir um fornecimento elétrico seguro e confiável para toda a população.

Foto: Divulgação/Neoenergia Cosern

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês