Médicos vão paralisar atendimentos nas UPAs e em seis hospitais na próxima quarta-feira (23)

Médicos vão paralisar atendimentos nas UPAs e em seis hospitais na próxima quarta-feira (23)

Profissionais que atendem ao governo Estadual e à prefeitura de Natal exigem pagamento pendente

Os médicos vinculados à Cooperativa Médica do Rio Grande do Norte (Coopmed RN), responsáveis por oferecer serviços essenciais ao governo Estadual e à prefeitura de Natal, decidiram, durante uma assembleia realizada no último dia 17 no Sindicato dos Médicos do RN (Sinmed-RN) pela paralisação de suas atividades a partir de quarta-feira, 23 de agosto.

A paralisação ocorre devido a falta de remuneração desde o mês de março por parte das gestões.

No início deste mês, ocorreu uma audiência de mediação na Justiça Federal, com o intuito de buscar uma resolução para a situação crítica. Nesse encontro, houve uma pactuação entre os representantes do Governo e da Prefeitura, comprometendo-se a efetuar o pagamento referente ao mês de março até o dia 16 e apresentar um cronograma para os meses subsequentes. No entanto, os órgãos públicos não cumpriram o acordo pactuado.

Os médicos, que enfrentam um atraso salarial de cinco meses, decidiram agir mediante a situação insustentável, e buscaram o respaldo do Sinmed-RN e, em assembleia, deliberaram uma nova solicitação direcionada tanto ao Governo Estadual quanto à Prefeitura, demandando um posicionamento sobre o pagamento devido. Caso não haja efetivação até a terça-feira (22.ago.2023), na quarta-feira subsequente (23.ago), os serviços de pronto-socorro serão suspensos de forma integral.

A paralisação afetará diretamente unidades de saúde estratégicas no estado, como o Hospital Santa Catarina, Maternidade Leide Morais, Maternidade Araken Irerê Pinto, Hospital de Macaíba, Hospital de São José de Mipibu, Walfredo Gurgel e Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

Foto: Arquivo/POR DENTRO DO RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês