Filho de Jair Bolsonaro, Jair Renan, é alvo de buscas em operação da Polícia Civil do DF

Image

Nesta manhã de quinta-feira (24.ago.2023), Jair Renan, filho do ex-presidente Jair Bolsonaro, se tornou alvo de um mandado de busca e apreensão em uma operação realizada pela Polícia Civil do Distrito Federal. A operação foi deflagrada com o propósito de investigar um grupo suspeito de envolvimento em crimes como estelionato, falsificação de documentos, sonegação fiscal e lavagem de dinheiro.

Os mandados contra Jair Renan foram cumpridos em dois endereços distintos: seu apartamento em Balneário Camboriú, Santa Catarina, onde ele reside, e em um edifício na área nobre de Brasília, no Sudoeste. Durante a operação, foram apreendidos o celular e um disco rígido (HD) do filho do ex-presidente, conforme informações do blog da Andreia Sadi.

Admar Gonzaga, advogado de Jair Renan Bolsonaro, relatou ao blog da Andreia Sadi que o filho do ex-presidente foi surpreendido ao ser alvo das buscas conduzidas pela Polícia Civil.

No total, os agentes estão cumprindo cinco mandados de busca e apreensão, além de dois de prisão. Os principais alvos são:

  1. Jair Renan
  2. Maciel Carvalho, amigo e instrutor de tiro de Jair Renan – que foi preso
  3. Eduardo Alves dos Santos, investigado por ser considerado um “testa de ferro” do esquema e atualmente foragido

De acordo com as informações levantadas pela TV Globo, Maciel Carvalho, de 41 anos, é um dos alvos que possui mandado de prisão. Ele é apontado como o suposto mentor do esquema e já havia sido alvo de duas operações da Polícia Civil do Distrito Federal neste ano, a “Operação Succedere” e “Falso Coach”. Maciel já havia sido preso em janeiro de 2023.

A defesa de Maciel Alves de Carvalho emitiu uma nota afirmando que “a narrativa da autoridade não condiz com a verdade e será esclarecida perante a autoridade competente”.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês