Laudo do Crea-RN aponta que casas de Neópolis desabaram por estarem local inadequado

Image

Conselho emite laudo apontando instalação inadequada das casas que desabaram em Natal

Dois dias após o colapso parcial de oito residências no Conjunto Pirangi, situado no bairro Neópolis, na zona Sul de Natal, uma análise do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Rio Grande do Norte (Crea-RN), trouxe à tona considerações sobre a localização inapropriada das edificações. A instituição divulgou nesta quarta-feira (23.ago.2023), um laudo que indica que as moradias foram construídas em terreno inadequado para tal fim.

O relatório ressalta que as habitações na região sul de Natal não apresentavam as condições necessárias para garantir a estabilidade estrutural. Além disso, o fato de terem sido erguidas em uma área de encosta tornou-as particularmente vulneráveis às fortes chuvas, que podem ter contribuído significativamente para o desabamento ocorrido.

Diante das circunstâncias, o Crea-RN recomendou a elaboração de um laudo técnico a cargo de um especialista qualificado. Enquanto as causas precisas do desastre estão sob investigação por parte da Prefeitura de Natal, o laudo emitido pela Secretaria Municipal de Obras e Infraestrutura (SEINFRA) ainda não tem uma previsão para sua conclusão.

Foto: Vinícius Marinho/Inter TV Cabugi

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês