Suspeito de ter matado e enterrado ex-mulher de cabeça para baixo em Natal é preso

Suspeito de ter matado e enterrado ex-mulher de cabeça para baixo em Natal é preso

Homem foi capturado na zona Norte de Natal

Um homem foi preso pela polícia na tarde do domingo (27.ago.2023), na zona Norte de Natal, acusado de matar e enterrar a ex-companheira. A vítima, Francisca Suilma do Nascimento Ferreira, de 42 anos, foi localizada enterrada no quintal da casa onde o casal morava, no bairro Nossa Senhora da Apresentação, conjunto Vale Dourado.

O suspeito, que não teve a identidade divulgada, já havia sido detido na época do crime, mas foi liberado após audiência de custódia. Ele foi capturado novamente através de um mandado de prisão emitido pela justiça potiguar.

De acordo com a investigação, o homem teria matado a ex-companheira e enterrado o corpo no quintal da casa. O crime teria sido motivado por ciúmes.

O corpo da vítima foi localizado por bombeiros militares e agentes da Polícia Civil no dia 8 de agosto, após vizinhos sentirem um forte odor dentro da residência. A família da vítima denunciou que ela não havia sido vista desde o dia 5 de agosto.

O suspeito foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil para os procedimentos legais cabíveis e será encaminhado ao sistema prisional.

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês