TEA está entre os temas do I Congresso Internacional de Desenvolvimento Infantil – CINDI

TEA está entre os temas do I Congresso Internacional de Desenvolvimento Infantil - CINDI

Evento acontece em Natal a partir da próxima segunda (9)

Muito se tem discutido sobre o desenvolvimento das crianças nos últimos tempos. Desde o âmbito cognitivo, motor, emocional a social. E, para abordar esses quesitos, a capital potiguar vai ser sede do I Congresso Internacional de Desenvolvimento Infantil – CINDI, de 09 a 11 de outubro, no Centro de Convenções, reunindo mais de 20 palestrantes, entre nacionais e internacionais.

Em um cenário convidativo ao universo infantil, com leveza e diversão presentes nas cores e nos ambientes, profissionais da saúde e da educação, estudantes, pais, expects por experiência/vivência, familiares ou interessados na temática poderão discutir e aprimorar conhecimento em meio a trocas riquíssimas.

Dentre as palestras da programação, está “A Contribuição dos Exames Genéticos no Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), com a dra. Graciela Pignatari (SP), que possui ampla experiência em pesquisa nas áreas de Biologia Celular e Molecular, Células-Tronco, Terapia Celular e Modelagem de Doenças com foco em autismo. Pignatari é bióloga formada pela Universidade Camilo Castelo Branco, com mestrado e doutorado em biologia molecular pela UNIFESP; estágio no Departamento de Farmacologia no Mount Sinai School of Medicine em Nova York e pós-doutora pela USP.

Ela comenta que sua palestra tem como objetivo apresentar os fatores de riscos genéticos e ambientais envolvidos no autismo com base na literatura científica e apresentar e discutir os diferentes tipos de exames genéticos existentes, mostrando suas particularidades, utilidades e resolutividades. “Entender a importância da realização dos exames genéticos dentro do TEA, uma vez que o diagnóstico do autismo é clínico. Além disso, vamos abordar a avaliação global dos resultados que podem ser obtidos quando se realiza um exame genético e de que forma podem contribuir para o entendimento do Transtorno”, explica a dra. Graciela.

E acrescenta que o TEA é um transtorno majoritariamente genético, de aspecto clínico amplo, com diferenças até em gêmeos univitelinos. “Formas não sindrômicas têm herança multifatorial associando fatores genéticos a ambientais em uma combinação onde a somatória deles leva ao TEA. Apesar de o diagnóstico ser clínico, exames genéticos podem contribuir em diversos aspectos”.

Esse tema e tantos outros acerca do desenvolvimento infantil serão abordados durante o CINDI. Além da dra. Graciela Pignatari, também estarão no Congresso: Janet Harder – Fonoaudióloga (Canadá); Michaela Jelen – Trainee em Educação Especial e Estudos da Deficiência (Canadá); Edinizis Belusi – Fonoaudióloga (São Paulo); Hansel Soto – Psicólogo (Cuba); Brasilda Rocha – Psicóloga Clínica (São Paulo); Daniel Carmo – Profissional de Educação Física (Rio de Janeiro); Thaís Araújo – Nutricionista (Rio Grande do Norte); Fernanda Guinter – Terapeuta Ocupacional (Rio Grande do Sul); Daniele Wanderley – Psicóloga (Bahia); Paula Kopruszinski – Psicóloga Infantil (Paraná); Simone Nique – Fisioterapeuta (Rio Grande do Sul); Juliana Moraes – Mestre em análise aplicada ao comportamento (Brasil/EUA); Darda Azevedo – Musicoterapeuta (Paraná) e Luciane Baratelli – Neuropediatra (Rio de Janeiro);

Você no CINDI – Espaço de Feira

O público externo também pode participar e contribuir com o maior congresso de desenvolvimento infantil do Brasil. Quer saber como? O evento disponibilizará de um Espaço de Feira e, esse, será aberto ao público. Para entrar, basta o interessado levar uma doação de brinquedos, lápis, caderno, e/ou materiais que possibilitem equipar as salas de atendimento das crianças no setor público. Uma oportunidade de se atualizar e ainda fazer a diferença no crescimento delas!

O CINDI tem organização do Instituto Behave, e estão com o Congresso as empresas: Instituto Santos Dumont – Ensino e Pesquisa; Hogrefe; Conselho Regional de Psicologia do Rio Grande do Norte – CRP/RN; Dra. Bruna Ituassu; Casulo – Desenvolvimento Infantil; G7 Comunicação; Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Norte; Instituto de Neuropsicologia e Psicologia Infantil – INPI; CRIAR – Instituto de Desenvolvimento Infantil; Setium – Negócios Digitais; PediaTherapies; Fono com Amor; Capacite – Instituto de Intervenção Precoce; Instituto LeBlue; Luna Edições; Grupo ATenção; CLIAP Natal e Pirilampo.

Serviço:

I CINDI – Congresso Internacional de Desenvolvimento Infantil

Quando: 09 a 11 de Outubro (Segunda a Quarta)
Onde: Centro de Convenções de Natal-RN
Inscrições e programação completa: https://congressocindi.com.br
Fique por dentro do que vai rolar, siga: @congressocindi

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

MAIS LIDAS DO DIA

Assine nossa Newsletter

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal