Mancha turva na praia de Ponta Negra é causada por obra de enrocamento

Mancha turva na praia de Ponta Negra é causada por obra de enrocamento

Semurb e Idema afirmam que material sedimentar será sedimentado naturalmente

Uma mancha turva chamou a atenção de banhistas e trabalhadores na praia de Ponta Negra, na Zona Sul de Natal, nesta quinta-feira (26.out.2023). Segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), trata-se de um acúmulo de sedimentos resultado da obra do enrocamento da praia.

A Semurb afirmou que a situação está relacionada ao trecho de obras do enrocamento, que teve sedimentos “lavados” e causou a turbidez da água. O instituto disse ainda que o processo é intensificado devido aos fortes ventos e marés mais intensas, nesta época do ano.

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema), por sua vez, informou que enviará uma equipe para analisar a situação. No entanto, o diretor-geral do instituto, Werner Farkatt, explicou que se trata aparentemente de uma questão simples.

Possíveis impactos

A mancha turva não causou impactos ambientais, segundo as autoridades. No entanto, ela pode afetar a atividade turística na região, já que a praia de Ponta Negra é uma das mais visitadas do estado.

Foto: Vanessa Camilo / Inter TV Cabugi

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês