Governo do Estado alega falta de recursos paga pagar piso da enfermagem

Governo do Estado alega falta de recursos paga pagar piso da enfermagem

Estado afirma que não tem condições de arcar com o custo do piso como proposto pelo sindicato, que seria de R$ 27 milhões por mês

Servidores da rede pública de saúde do Rio Grande do Norte cobraram ao Governo do Estado e prefeituras do RN a implementação do Piso Nacional da Enfermagem. O tema foi discutido em audiência pública na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (ALRN) nesta segunda-feira (30.out.2023).

A diretora do Sindsaude, a técnica em enfermagem Rosilda Sales, cobrou a implantação efetiva do piso da Enfermagem, luta histórica na categoria. Ela ainda promoveu críticas à gestão da governadora Fátima Bezerra (PT).

“Queremos dignidade e respeito e isso só será possível se tivermos o piso salarial nacional na sua integralidade”, disse.

Pelo Governo do Estado estiveram presentes na ALRN o secretário de Administração, Pedro Lopes, e a secretária adjunta da Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (Sesap-RN), Leidiane Queiroz.

O titular da Administração apontou que atualmente o Estado não se encontra em condições de implementar o piso da Enfermagem nos moldes que os servidores cobram. Lopes alega que a implementação com recursos do Estado traria um gasto a mais de R$ 27 milhões/mês para os cofres públicos.

“O Estado não tem como colocar isso nas suas finanças”, explica.

Ministério da Saúde repassa R$ 5 milhões

Portaria publicada pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira (30) definiu mais uma parcela de R$ 5 milhões à Secretaria de Estado da Saúde Pública do RN (Sesap) para o pagamento do piso da enfermagem.

O valor integra o crédito aprovado pelo Governo Federal junto ao Congresso de R$ 7,3 bilhões em abril deste ano e refere-se a um crédito extraordinário para que o piso salarial da enfermagem seja cumprido nos estados e municípios brasileiros.

Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês