Mãe é presa após espancar filha de 1 ano no RN

Mãe é presa após espancar filha de 1 ano no RN

Mulher de 30 anos foi condenada a 9 anos de prisão por tortura

Uma mulher de 30 anos foi presa nesta quarta-feira (27.dez.2023) na cidade de São José de Mipibu, na Região Metropolitana de Natal, após ser condenada pelo espancamento da própria filha, de 1 ano e 2 meses. O crime aconteceu em João Câmara, no interior do estado, em 2017.

A mulher foi detida após a Justiça do Rio Grande do Norte expedir um mandado de prisão definitiva contra ela, que passou a ser considerada foragida. Ela foi condenada pelo crime de tortura.

A acusada foi encontrada no bairro Pau Brasil, em São José de Mipibu, para onde havia fugido.

De acordo com a delegada Adriana Shirley, da Delegacia de Polícia Civil de João Câmara, a mulher espancou a bebê “causando lesões na face e na cabeça”. A mulher foi condenada a 9 anos de reclusão.

“Embora ela tenha fugido de João Câmara, local do fato, ela foi capturada hoje em São José de Mipibu e entregue ao sistema penitenciário para que cumpra sua pena”, reforçou a delegada.

Além da Delegacia de João Câmara, atuou na investigação do caso a Polícia Civil de São José de Mipibu.

A Polícia Civil solicita que a população envie informações, através do telefone 181, de forma anônima, como forma de auxiliar nas investigações.

Foto: Arquivo/POR DENTRO DO RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês