Motorista embriagado é preso após fugir de blitz e voltar ao local

Motorista embriagado é preso após fugir de blitz e voltar ao local

Homem se confunde e é interceptado pela polícia

Na madrugada desta quarta-feira (3.jan.2024), um motorista de 34 anos foi preso após fugir de uma blitz da Operação Lei Seca, mas se confundir e voltar para o mesmo local. A fiscalização acontecia na Avenida Engenheiro Roberto Freire, em Natal, Rio Grande do Norte.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, o homem estava dirigindo embriagado e, ao perceber a presença policial, empreendeu fuga. No entanto, ele acabou se confundindo no itinerário e retornou às mediações da blitz.

Ao ser abordado novamente pelos agentes, o homem tentou fugir novamente, dessa vez engatando a marcha a ré. No entanto, ele foi interceptado e detido.

O homem se recusou a realizar o teste de alcoolemia, porém, diante dos sinais de alteração da capacidade psicomotora, recebeu voz de prisão e foi encaminhado à Central de Flagrantes da Polícia Civil.

O carro do homem foi removido ao depósito da polícia.

Ainda segundo a polícia, outros seis condutores foram autuados administrativamente por misturar álcool e direção. Um jovem ainda foi preso na fiscalização por estar com um celular com queixa de roubo.

Foto: Divulgação/CPRE

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês