Secretaria de Saúde alerta para aumento de casos de dengue no RN

Secretaria de Saúde alerta para aumento de casos de dengue no RN

Pasta recomenda ações preventivas para evitar proliferação do mosquito Aedes aegypti

O Rio Grande do Norte inicia 2024 com o sinal de alerta ligado para a possibilidade de um aumento substancial dos casos de arboviroses, em especial da dengue. O alerta é da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), que emitiu uma nota informativa recomendando ações preventivas para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti.

Segundo a Sesap, o aumento das temperaturas a partir das mudanças climáticas é um dos fatores que traz maior influência ao cenário. Em 2022, o estado registrou mais de 12 mil casos confirmados de dengue, com 21 óbitos. Nas últimas seis semanas epidemiológicas de 2023, o número de casos confirmados já foi maior do que os de 2022.

O relatório “Reflexões sobre o risco de arboviroses em 2024” da Fundação Oswaldo Cruz, elaborado em outubro de 2023 e distribuído pelo Ministério da Saúde, aponta que estão previstos cerca de 2,2 milhões casos suspeitos de dengue para o ano de 2024 no Brasil, com estimativas de aumento em quase todos os estados, com destaque para a região Nordeste.

Para evitar o aumento dos casos de dengue, a Sesap recomenda uma série de ações preventivas, como:

  • Limpar e manter quintais e terrenos limpos, sem acúmulo de lixo ou entulho;
  • Guardar garrafas, pneus e outros objetos que possam acumular água em local protegido;
  • Tampar caixas d’água, cisternas e outros reservatórios de água;
  • Colocar telas em portas e janelas;
  • Usar repelente de insetos.

A Sesap também está realizando uma série de reuniões com as secretarias municipais para traçar as estratégias regionais de enfrentamento à dengue. Os encontros estão focados nos municípios identificados como de maior risco potencial.

A Sesap reforça a importância da conscientização da população para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti. “Precisamos trabalhar juntos para evitar que o número de casos aumente. Cada um pode fazer a sua parte”, destacou a coordenadora de vigilância em saúde da Sesap, Diana Rego.

Foto: Sandro Araújo / Agência Saúde

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês