Consumo excessivo de alimentos açucarados pode comprometer a saúde bucal

Consumo excessivo de alimentos açucarados pode comprometer a saúde bucal

Especialista destaca medidas preventivas para amenizar os impactos do consumo excessivo de açúcares no período mais quente do ano

Com as altas temperaturas, tem aumentado também o consumo de sorvetes, bebidas geladas e picolés. Ainda que as mesmas possam trazer uma sensação de alívio e frescor, o consumo excessivo pode ser prejudicial aos dentes. É o que explica o dentista Lucas Liberato, dentista avaliador da Clínica Odontologia Integrada.

O especialista detalha que é fundamental conhecer algumas dicas para manter a saúde bucal no verão e se prevenir contra as cáries e outros problemas que frequentemente surgem durante a estação mais quente do ano.

Uma recomendação prática oferecida pelo especialista é a escovação imediata após o consumo desses alimentos. “Escovar os dentes ajuda a desorganizar o biofilme bucal, reduzindo os riscos associados ao consumo desses alimentos”, destaca Lucas Liberato.

De acordo com o dentista avaliador da Odontologia Integrada, para aqueles que passam mais tempo fora de casa, o conselho é adotar medidas preventivas. “É fundamental levar consigo um kit de higiene bucal, composto por escova, creme dental e fio dental. Mulheres podem manter esse kit na bolsa, enquanto os homens podem tê-lo no bolso da bermuda”, orienta.

Desmistificando um mito comum, o especialista esclarece que refrigerantes não têm o poder de amolecer os dentes, mas faz um alerta. “O que ocorre é a desmineralização do esmalte dentário, contribuindo para o desenvolvimento de cáries. Pequenas mudanças nos hábitos diários podem fazer grande diferença na prevenção de problemas bucais”, destaca.

Uma pesquisa do Ministério da Saúde aponta que os brasileiros consomem, em média, cerca de 80 gramas de açúcar por dia, o que equivale a cerca de 20 colheres de chá – através de bebidas, bolachas recheadas, barras proteicas, chocolates, bolos industrializados, iogurtes, bebidas esportivas, águas vitamínicas, entre outros.

O verão e o calor aumentam ainda mais esse consumo de alimentos e bebidas ricos em açúcares. Mas, como pontuou o dentista avaliador da Odontologia Integrada, com cuidados simples é possível ter um verão sem problemas com a saúde bucal.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

MAIS LIDAS DO DIA

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal