Homem é assassinado com 11 tiros após reagir a assalto em Areia Branca

Homem é assassinado com 11 tiros após reagir a assalto em Areia Branca

Vítima já havia sofrido duas tentativas de homicídio

Um homem de 57 anos foi assassinado a tiros na noite de segunda-feira (22.jan.2024) em Areia Branca, na região Oeste do Rio Grande do Norte. A vítima foi identificada como Pedro Júnior Gulherme e foi morta após reagir a um assalto.

De acordo com a Polícia Civil, Pedro estava na frente de sua residência, na rua Luiz Agostinho Sobrinho, na localidade de Mocó, quando foi surpreendido por dois homens armados em uma motocicleta. Os criminosos anunciaram o assalto e exigiram que a vítima entregasse a bolsa que carregava.

Pedro reagiu e foi alvejado com vários disparos. Mesmo ferido, ele entrou em luta corporal com um dos criminosos, mas o segundo assaltante se aproximou e também atirou.

A vítima foi atingida por pelo menos 11 tiros e morreu no local. Os criminosos fugiram sem levar nada.

Pedro já havia sofrido duas tentativas de homicídio anteriores ao crime. A Polícia Civil investiga o caso e não descarta a hipótese de acerto de contas.

Foto: Arquivo/POR DENTRO DO RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

MAIS LIDAS DO DIA

Assine nossa Newsletter

Casas Bahia abre vagas para PCD no Nordeste São João em Natal: Edição 2024 será mais modesta, diz prefeito Pesquisa Prefeitura de Natal 2024: Carlos Eduardo lidera levantamento do Instituto Seta MPRN recomenda que governo do RN não aumente salários nem faça concursos para evitar colapso fiscal Midway Mall comemora 19 anos com sorteio de três BYD zero quilômetro e desfile de moda Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal