Tornozeleira eletrônica explode e fere apenada do semiaberto em Natal

Tornozeleira eletrônica explode e fere apenada do semiaberto em Natal

Polícia Civil vai investigar causa do acidente

Uma tornozeleira eletrônica explodiu e feriu uma apenada do regime semiaberto em Natal, no Rio Grande do Norte, na manhã da segunda-feira (22.jan.2024). A mulher foi encaminhada para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, onde passou por atendimento. O estado de saúde dela não foi informado pela Secretaria de Estado da Administração Penitenciária (Seap).

Para apurar as causas do acidente, a Seap acionou a Polícia Civil, que vai realizar uma perícia no equipamento. O objetivo é esclarecer se a explosão foi causada por falha do equipamento ou mau uso.

A família da vítima informou que vai deixar a tornozeleira eletrônica em uma delegacia de polícia na capital potiguar.

Segundo a Seap, a Central de Monitoramento Eletrônico (CEME) e a empresa fornecedora do equipamento também foram acionadas e se deslocaram ao hospital.

A Seap informou que, em oito anos de monitoramento eletrônico no estado com o uso de tornozeleiras, este é o primeiro episódio envolvendo a explosão do equipamento. O Rio Grande do Norte tem, atualmente, 3.420 tornozeleiras eletrônicas ativas, com duas empresas diferentes em operação.

Foto: Agepen/MS/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês