Médico destaca orientações para evitar acidentes aquáticos

Médico destaca orientações para evitar acidentes aquáticos

De acordo com o Ministério da Saúde, nove em cada dez pessoas que sofreram acidente por mergulho ficaram tetraplégicas; médico do Hospital Promater reforça alerta

Verão é o período que aumenta muito a frequência de banhistas nas praias, mas são necessários alguns cuidados para garantir a segurança em mergulhar. Um simples mergulho, feito em local inapropriado ou em águas rasas, pode resultar em sérias lesões e comprometer a mobilidade do banhista. De acordo com o Ministério da Saúde, nove em cada dez pessoas que sofreram acidente por mergulho ficaram tetraplégicas e o aumento está associado aos chamados “acidentes de verão”, que envolvem lesões causadas por quedas e mergulhos em piscinas, praias, cachoeiras e rios.

O neurologista especialista em patologias da coluna vertebral do Hospital Promater, Márcio Ramalho, enfatiza a importância de medidas preventivas. “Sempre que você não conhecer o ambiente e a profundidade da água, nunca pule de cabeça. E se você não sabe executar um mergulho, dê preferência a entrar na água sem pular. Qualquer brincadeira pode oferecer risco”, ressalta o médico.

“Aos sinais de inconsciência, afogamento sem defesa, incapacitação de fala ou mal-estar, pressão baixa e imobilidade dos braços e pernas para sair da água, busque imediatamente o socorrista para que direcione ao serviço local mais próximo”, explica o especialista.

Confira mais orientações do especialista para evitar acidentes aquáticos:

  1. Não entre ou mergulhe na água se estiver sob efeito de álcool;
  2. Evite saltar de locais muito elevados e arriscar saltos ornamentais;
  3. Ao planejar um mergulho, faça uma inspeção prévia da área: observe a profundidade do local e a presença de obstáculos como pedras;
  4. Não permita nem participe de brincadeiras enquanto estiver nadando ou mergulhando;
  5. Ao mergulhar, estenda os braços ao lado da cabeça para protegê-la;
  6. Nunca mergulhe de cabeça.

Sendo assim, é indispensável os cuidados básicos ao realizar mergulhos em águas desconhecidas, evitando problemas graves na coluna vertebral.

Foto: Divulgação

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês