Rua Ulisses Caldas será interditada para obras

Rua Ulisses Caldas será interditada para obras

Interdição começa na segunda-feira (29) e deve durar até oito meses

A Rua Ulisses Caldas, na Cidade Alta, será interditada a partir da próxima segunda-feira (29.jan.2024) para a execução da meta 1 das obras da Pedra do Rosário. A interdição vai avançar gradativamente por toda a via, seguindo pelo largo Junqueira Aires, Rua Câmara Cascudo, até chegar no entorno da praça Augusto Severo, na Ribeira.

A obra contempla a requalificação da rua, incluindo calçadas, ciclovia, recapeamento asfáltico, embutimento da rede de telecomunicação, arborização e iluminação. A princípio, devem ser feitos os serviços da troca da rede de esgoto e abastecimento por parte da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern).

A previsão da obra é de até oito meses, e a interdição e a liberação das vias deve acontecer conforme o avanço das obras.

Alterações no transporte público

As linhas de transporte O-24, O-33A, N-35, L-37, O-41A, L-46, L-56 e N-84, que têm itinerário pela Rua Ulisses Caldas, irão passar pela parada da Metropolitana, acessando à esquerda pela Rua João Pessoa na lateral da catedral velha, entrando à esquerda na Avenida Rio Branco e retornando ao itinerário normal.

Durante a intervenção, agentes de mobilidade da STTU devem estar no local dando suporte no trânsito da região.

Obra da Pedra do Rosário

A obra da Pedra do Rosário está orçada em R$ 30 milhões e está dividida em quatro metas. A meta 1, que está em andamento, prevê a requalificação da Rua Ulisses Caldas e do Largo Junqueira Aires, até o entorno da Praça Augusto Severo. A meta 2 prevê a requalificação da Avenida do Contorno, áreas adjacentes e as praças Djalma Maranhão e Walfredo Gurgel. As demais metas deverão ser iniciadas nos próximos meses, segundo a Prefeitura.

Foto: Arquivo/POR DENTRO DO RN/Ilustração

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês