Lanchas fazem “racha” na praia de Pirangi e Marinha investiga

Lanchas fazem "racha" em praia de Pirangi e Marinha investiga

Proprietários dos veículos foram notificados e inquérito administrativo será instaurado

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra duas lanchas e uma moto aquática fazendo um “racha” em alta velocidade na beira-mar da praia de Pirangi do Norte, em Parnamirim, no Rio Grande do Norte. As imagens foram registradas por um banhista na última sexta-feira (27.jan.2024).

De acordo com a Marinha, a atitude é ilegal. Em nota divulgada nesta segunda-feira (29.jan), a corporação informou que “tomou conhecimento da realização de manobras arriscadas envolvendo duas lanchas” e que, depois do acontecido, “uma equipe naval da Capitania dos Portos do Rio Grande do Norte foi até o local para que os proprietários dos veículos fossem notificados e prestassem os devidos esclarecimentos”.

A autoridade marítima ainda informou que um inquérito administrativo também será instaurado para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades do caso.

As normas da Marinha para atividades de esporte e recreio determinam que as lanchas só podem navegar a partir de 200 metros da areia da praia e com uma velocidade compatível com a segurança de quem está navegando e dos banhistas que estiverem no mar.

O “racha” é uma prática perigosa que pode causar acidentes graves. Em 2022, um homem morreu após ser atingido por uma lancha que fazia um “racha” na praia de Boa Viagem, em Recife.

A Marinha pede que a população denuncie casos de infrações marítimas pelo telefone 185.

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês