STTU alerta para uso indevido da faixa reversível da Av. Felizardo Moura

STTU alerta para uso indevido da faixa reversível da Av. Felizardo Moura

Motoristas que ignoram a sinalização estão sujeitos a multa

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) de Natal divulgou um informativo nesta segunda-feira (5.fev.2024) alertando sobre a “frequente invasão” da faixa reversível (central) da Avenida Felizardo Moura por veículos, mesmo antes da sua inauguração oficial.

A faixa central da avenida está interditada com cones para delimitar o espaço, e agentes de mobilidade estão presentes diariamente no local para orientar os condutores. Ainda assim, muitos motoristas ignoram a sinalização e utilizam a faixa indevidamente, colocando em risco a segurança de todos.

A STTU ressalta que os infratores estão sujeitos a multa por “Transpor bloqueio viário”, conforme o artigo 209 do Código de Trânsito Brasileiro.

Para aumentar a segurança, a STTU instalou câmeras de monitoramento na avenida. Na noite da última quarta-feira (31), as imagens registraram o furto de cones. A secretaria já acionou as forças de segurança para que sejam tomadas as medidas cabíveis.

A STTU apela aos motoristas para que respeitem a sinalização e utilizem a faixa reversível apenas quando estiver liberada.

Foto: Divulgação/STTU

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês