Polícia revela que cinegrafista foi assassinado por engano

Polícia revela que cinegrafista foi assassinado por engano

Jovem foi confundido com desafeto do autor do crime

O cinegrafista Carlos Romão Barbosa Filho, de 24 anos, conhecido como “Jubileu”, foi assassinado por engano na noite de domingo (4.fev.2024) em Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte. A Polícia Civil prendeu o autor do crime, que confessou ter matado o jovem por engano.

Investigações

O delegado Caio Fabio, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que está à frente do caso, informou que a Polícia Civil recebeu denúncias anônimas sobre o autor do crime e foi até a casa da avó dele. O suspeito não estava no local, mas lá foi encontrada uma arma de fogo.

A Polícia seguiu em diligências e prendeu o suspeito na favela do Velho. Em depoimento, ele confessou o crime, mas alegou ter matado por engano.

“Ele confessou que matou, disse que a intenção realmente era matar um desafeto dele, mas que havia confundido o rapaz. Depois do crime ele começou a ver em reportagens que havia mesmo matado a pessoa errada e confirmou isso na delegacia”, disse o delegado.

O suspeito também confirmou que a arma encontrada na casa da avó dele foi a utilizada no homicídio.

Segundo o delegado, as investigações continuam para identificar quem estava pilotando a moto que levou o autor do crime ao local do assassinato.

O crime

O crime aconteceu no bairro Sumaré, em Mossoró, na noite de domingo. Carlos Romão Barbosa Filho, de 24 anos, trabalhava como cinegrafista na TV Cidade Oeste.

De acordo com a Polícia Militar, Carlos Romão trafegava em uma moto com a namorada quando foi abordado por dois criminosos em outra moto. Eles anunciaram o assalto e roubaram dois celulares das vítimas.

“A namorada dele relatou que após pegar os celulares os criminosos mandaram Carlos tirar o capacete e o executaram”, disse o delegado Teixeira Junior.

Repercussão

A TV Cidade Oeste e a Secretaria de Comunicação de Mossoró emitiram nota de pesar pela morte do cinegrafista. A morte de Carlos Romão Barbosa Filho causou grande comoção na comunidade mossoroense.

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês