Policiais Civis do RN protestam por melhores salários e quadro de agentes

Policiais Civis do RN protestam por melhores salários e quadro de agentes

Reuniões com Secretaria de Administração não trazem resolução para demandas salariais

Policiais civis do Rio Grande do Norte se reuniram em frente à Secretaria de Administração do Estado (Sead), na manhã desta quarta-feira (7.fev.2024), em Natal, para protestar por melhores salários e recomposição do quadro de agentes na corporação. Liderados pelo Sindicato dos Policiais Civis do RN (Sinpol), a categoria expressou preocupação com as perdas salariais acumuladas, estimadas em cerca de 40% nos últimos cinco anos, devido à inflação.

O Sinpol reivindica não apenas a melhoria salarial, mas também a recomposição do quadro de efetivos. Os serviços foram paralisados durante a manhã, enquanto os policiais aguardavam uma reunião agendada com o titular da Sead para as 11 horas, com o intuito de discutir a suspensão da paralisação e possíveis soluções para as demandas apresentadas.

No entanto, a reunião não trouxe os resultados esperados. O encontro entre representantes dos policiais civis e o secretário estadual de Administração, Pedro Lopes, terminou sem definições concretas sobre a pauta de recomposição salarial da categoria. Diante disso, os agentes decidiram antecipar a recomendação do Sinpol e paralisar o trabalho sob o regime das diárias operacionais, uma medida que inicialmente estava prevista apenas para o período do Carnaval.

Segundo Nilton Arruda, presidente do Sinpol, as perdas salariais em relação à inflação chegam a até 45% nos últimos cinco anos. Em relação ao sistema de diárias operacionais, ele destacou que os policiais trabalham seis horas para receber apenas R$ 100, o que demonstra uma defasagem significativa na remuneração.

A decisão de suspender as diárias operacionais antes do previsto visa pressionar o Governo do Estado por uma resposta concreta às demandas salariais até sexta-feira (9). Diante do impasse, uma nova reunião foi agendada pela Sead para o dia 7 de março, com o intuito de retomar as negociações em torno das questões apresentadas pelo Sinpol.

Foto: Divulgação/SINPOL-RN

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Assine nossa Newsletter

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês