O que se sabe até o momento sobre a fuga histórica em presídio federal de Mossoró

O que se sabe até o momento sobre a fuga histórica em presídio federal de Mossoró

Primeira fuga em 18 anos do sistema penitenciário federal deixa dois membros do Comando Vermelho à solta

A segurança do sistema prisional federal brasileiro foi comprometida pela primeira vez na história com a fuga de dois presos da Penitenciária Federal de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte. Rogério da Silva Mendonça, de 35 anos, e Deibson Cabral Nascimento, 33 anos, conhecido como “Tatu” ou “Deisinho”, ambos ligados ao Comando Vermelho, escaparam da unidade de segurança máxima na tarde de quarta-feira (14.fev.2024).

Os detalhes da fuga ainda não foram totalmente esclarecidos, mas as primeiras informações indicam que os detentos escaparam durante o banho de sol por uma abertura no teto da cela. A fuga foi descoberta por volta das 15h30 e, desde então, uma força-tarefa composta por agentes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar do Rio Grande do Norte e agentes penitenciários está mobilizada na busca pelos foragidos.

O ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, determinou o afastamento imediato da direção da Penitenciária Federal de Mossoró e a nomeação de um interventor para comandar a unidade.

Inquérito policial aberto

A Polícia Federal instaurou um inquérito para investigar as circunstâncias da fuga e identificar os responsáveis. Uma equipe de peritos da PF foi enviada ao local para analisar a cena do crime.

Gabinete de crise criado

O Ministério da Justiça e Segurança Pública, em conjunto com o governo do Rio Grande do Norte, montou um gabinete de crise para coordenar as buscas pelos foragidos e apurar as responsabilidades pelo episódio.

Repercussão

A fuga dos dois presos da Penitenciária Federal de Mossoró causou grande repercussão no país. A segurança do sistema prisional federal, considerado até então um modelo de segurança e disciplina, foi colocada em xeque.

Buscas continuam

As buscas pelos foragidos continuam intensamente na região de Mossoró e em todo o país.

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês