Pesquisa aponta que mais da metade dos potiguares desaprovam o Governo Fátima

Pesquisa aponta que mais da metade dos potiguares desaprovam o Governo Fátima

Levantamento da Consult revela índice de reprovação de 52,47% e aponta segurança pública como principal problema do estado

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Consult entre os dias 15 e 17 de fevereiro revela que mais da metade dos potiguares (52,47%) desaprovam o Governo Fátima Bezerra (PT). A soma dos que consideram a gestão como “ruim” (22,47%) e “péssimo” (30%) supera significativamente os que a classificam como “ótimo” (1,12%) ou “bom” (8,76%), totalizando apenas 9,88%.

A pesquisa também indica que a pior avaliação do Governo Fátima Bezerra se concentra em Mossoró, com 64% de reprovação. Seguem-se o Agreste/Litoral Sul (61,1%), Natal (58,5%) e Grande Natal (58,3%). A região mais favorável ao governo é a Central Cabugi/Litoral Norte, com 15% de aprovação.

Segurança pública é a maior preocupação

Questionados sobre o principal problema enfrentado pela população do Rio Grande do Norte, 32,6% dos entrevistados apontaram a segurança pública e a criminalidade. Esse índice sobe para 45,1% em Natal e 41,7% na Grande Natal.

Outros problemas relevantes mencionados foram a prestação de serviços hospitalares e de saúde pública (22,9%), o desemprego (11,8%) e as condições das estradas estaduais e federais (7,2%).

Percepção sobre a vida pessoal e o futuro

A pesquisa também abordou a percepção dos potiguares sobre a situação de suas vidas e famílias. Para 26,7%, a vida “melhorou” no último ano, enquanto 18,2% disseram que “piorou” e 51,2% afirmaram que “continua na mesma situação”.

Em relação ao futuro, 41,6% acreditam que a vida irá “melhorar” de hoje a um ano, 29,6% acreditam que “continuará na mesma situação” e 10,5% acreditam que “piorará”.

Alimentos, corrupção e inflação

A pesquisa também analisou a opinião dos potiguares sobre o aumento dos preços dos alimentos, que, segundo 78,71% dos entrevistados, subiram. A corrupção foi apontada como o principal problema que prejudica o país e atinge a população (71%), seguida pela inflação (23,2%) e pelo aumento dos preços dos combustíveis (10,5%).

Metodologia

A pesquisa Consult foi realizada entre os dias 15 e 17 de fevereiro de 2024 com 1.700 eleitores do Rio Grande do Norte. A margem de erro é de 2,3 pontos percentuais para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%.

Classificação do governo Fátima Bezerra

Ótimo – 1,12%
Bom – 8,76%
Regular – 36,0%
Ruim – 22,47%
Péssimo – 30,0%
Não sabe – 1,65%

Maiores problemas enfrentados pela população do RN

Segurança/crimes – 32,6%
Saúde/hospitais – 22,9%
Desemprego – 11,8%
Não sabe – 8,3%
Estradas/BRs – 7,2%
Todos – 3,5%
Educação – 3,1%
Falta d’água – 2,8%

Fonte: Consult Pesquisa

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês