Ex-companheiro é o principal suspeito de matar advogada e namorado

Ex-companheiro é o principal suspeito de matar advogada e namorado

Crime passional teria motivado o duplo homicídio, que também vitimou o atual companheiro da vítima

A advogada criminalista Andreia Teixeira, de 44 anos, morta a tiros na madrugada da última quarta-feira (28.fev.2024) em um condomínio em Nova Parnamirim, localizado em Parnamirim, na Região Metropolitana de Natal, foi sepultada na manhã desta quinta-feira (29.fev), no cemitério Bom Pastor II.

Familiares, amigos e colegas de profissão prestaram homenagens à vítima durante velório realizado na noite de quarta-feira em um centro de velório no município.

Crime

Andreia foi executada a tiros junto com seu namorado, Lenivaldo César de Castro, de 52 anos, em frente à residência onde ela morava. Imagens de câmeras de segurança flagraram o crime: um homem chegou ao local em um veículo Sedan de cor escura, esperou pelo casal e, ao vê-los, os alvejou com disparos de calibre 12.

O principal suspeito do crime é o ex-companheiro de Andreia, um ex-policial penal do Rio Grande do Norte. De acordo com o filho da vítima em entrevista ao portal g1 RN, Ronald Teixeira, a mãe estava em um relacionamento conturbado com o suspeito e se sentia ameaçada por ele.

“Era um relacionamento bem conturbado, já fazia muito tempo que ela tentava sair e se sentia muito ameaçada. Tinha medo de algum tipo de represália e não conseguia sair do relacionamento”, disse Ronald.

Investigação

A investigação do caso é conduzida pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Parnamirim. A polícia ainda não localizou o suspeito, mas já identificou o carro usado no crime, que era alugado.

O filho de Andreia pede justiça e que o crime não fique impune.

“Minha mãe era uma pessoa íntegra, era uma pessoa que fazia a diferença, era advogada criminalista, fazia a diferença no estado. Ela estava virando referência no trabalho dela”, disse.

“Do mesmo jeito que a vida dela hoje foi ceifada, ela lutava por vidas. Então, o meu apelo é por justiça, para não deixar esse crime passar”, completou.

Foto: Reprodução

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês