Quatro PMs são afastados por suspeita de crimes eleitorais em Pedro Velho

Quatro PMs são afastados por suspeita de crimes eleitorais em Pedro Velho

Operação Perfídia apura cooptação de eleitores e financiamento ilegal de campanha

Quatro policiais militares foram afastados cautelarmente de suas funções na cidade de Pedro Velho, no Rio Grande do Norte, por suspeita de envolvimento em crimes eleitorais. A ação faz parte da operação Perfídia, deflagrada pelo Ministério Público do RN (MPRN) com apoio da Polícia Militar nesta sexta-feira (1°.mar.2024).

A operação cumpriu seis mandados de busca e apreensão nas cidades de Pedro Velho, Parnamirim e Nova Cruz. Participaram da ação seis promotores de Justiça, 19 servidores do MPRN e 24 policiais militares. A cidade de Pedro Velho terá eleições suplementares neste domingo (3.mar).

As investigações sobre o envolvimento dos policiais e de outros dois homens com os crimes eleitorais começaram em 2022. Há indícios de que os seis integravam uma rede para cooptar eleitores para um candidato a prefeito por meio de transferências bancárias. A operação Perfídia também apura o crime de financiamento ilegal de campanha.

As investigações apontam que os crimes visavam beneficiar a campanha de um candidato a prefeito em 2022 e que os mesmos ilícitos estariam sendo planejados para as eleições suplementares deste ano.

A pedido do MPRN, os quatro policiais foram afastados e estão proibidos de atuar no Pelotão de Polícia Militar de Pedro Velho, em qualquer função, até o dia 4 de março. A medida visa evitar que os PMs influenciem as investigações ou interfiram nas eleições suplementares.

Foto: Divulgação/MPRN

Siga o Por Dentro do RN também no Instagram e mantenha-se informado.

Neoenergia Cosern é criticada por quedas de energia no Réveillon Festival MADA 2023 terá o ‘Baile da Amada’ Cosern é condenada a indenizar cliente por cobrança indevida por falha em medidor Influencer trans Flávia Big Big morre vítima de câncer Ambulância das drogas: Motorista do SAMU preso usava o veículo para transportar e vender maconha e cocaína Prefeitura de Natal lança concurso para procurador Lei Seca: Idoso é preso pela terceira vez dirigindo bêbado em Natal PRF realizará leilão de veículos retidos no RN Concurso do TJRN tem mais de 54 mil inscrições Prefeito de São José do Campestre é morto a tiros em casa Governo do RN abre concurso para a Polícia Militar Bolsas da Capes e do CNPq: ministro afirma que reajustes devem ocorrer ainda este mês